Dez documentos contábeis de envio mensal ao contador!

Dez documentos contábeis de envio mensal ao contador! Os documentos contábeis são aqueles que as suas informações afetam a escrituração contábil de uma empresa.

Para que o contador possa realizar o seu trabalho devidamente em relação à sua empresa, é importante que você tenha de forma organizada todos os documentos contábeis relativos ao seu negócio. Alguns deles devem ser enviados mensalmente à assessoria contábil. A seguir, veja quais são e como otimizar este processo de entrega!

Por que é preciso enviar certos documentos contábeis mensalmente ao contador?

Os documentos contábeis são aqueles que as suas informações afetam a escrituração contábil de uma empresa. Todos são muito importantes, pois falam da sustentabilidade do negócio, mas alguns deles mais especiais. E alguns devem ser enviados mensalmente à contabilidade, de forma obrigatória.

Em suma, estes documentos têm o objetivo de comprovar as movimentações financeiras e as transações realizadas pela empresa no período, permitindo a melhor gestão tributária e outras demandas fiscais, bem como a melhor administração do negócio como um todo, sendo essencial nas atividades do contador.

Deste modo, é importante criar uma rotina de emissão, armazenamento e direcionamentos dos documentos contábeis à sua assessoria. Atualmente, há muitas ferramentas eletrônicas que ajudam a organizar estes documentos de forma integrada com a Contabilidade, em tempo real. É uma dica avaliar estes recursos.

Relação de documentos contábeis mensais

Confira a relação dos 10 principais documentos contábeis que você deve enviar para o seu contador todos os meses:

  • Guias de Impostos ou Contribuições: INSS, FGTS, Contribuição Sindical, outras Contribuições Sindicais.
  • Comprovantes de pagamentos dos impostos: como a DAS, DARF’s, GARE’s, etc.
  • Todas as notas fiscais – de entrada e saída – e comprovantes de despesas e de receitas.
  • Extratos: Bancários, de Aplicações, Cartões de Crédito, Empréstimos e Desconto de Duplicatas.
  • Recibos de pagamento: Salários, Pró-Labore, Férias, Vale Transporte e Atestados Médicos de Funcionários
  • Notas Fiscais de serviços adquiridos.
  • Arquivos Eletrônicos – Nota Fiscal Paulista, Redução Z, Arquivos do Sped Fiscal e XML’s das notas fiscais.
  • Recibos e Contratos: de locação, de honorários, despesas e contratos a pagar.
  • Controle de Estoque.
  • Movimentos e recibos de autônomos e outros colaboradores.

Fonte: Jornal Contábil

Para mais informações clique aqui

COMPARTILHAR

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkedin
Share on pinterest
Pinterest

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *